» CombustíveisSindipetro - Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Santa CatarinaSindipetro-SC

Facebook Twitter Youtube Flickr

Combustíveis

Imprimir este Página Imprimir este Página
Etanol Hidratado Derivado da cana-de-açúcar, o Etanol é produzido pelas usinas Sucroalcooleiras, e, é obtido a partir da fermentação da cana-de-açúcar. Diferente do etanol anidro, o etanol hidratado é utilizado para abastecer veículos movido a etanol, ou bicombustíveis. O etanol anidro não possui água e é utilizado para misturar com a gasolina A (pura), na proporção definida pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), formando então a Gasolina C, a qual é comercializada nos postos de combustíveis.
Diesel comum O óleo diesel é um derivado da destilação do petróleo bruto usado como combustível nos motores Diesel, constituído basicamente por hidrocarbonetos. É um composto formado principalmente por átomos de carbono, hidrogênio e em baixas concentrações por enxofre, nitrogênio e oxigênio e selecionados de acordo com as características de ignição e de escoamento adequadas ao funcionamento dos motores diesel. É um produto pouco inflamável, medianamente tóxico, pouco volátil, límpido, isento de material em suspensão e com odor forte e característico. Recebeu este nome em homenagem ao engenheiro alemão Rudolf Diesel que inventou um meio mecânico para explorar a reação química originada da mistura de óleo e oxigênio puro.
Diesel aditivado Comercializado pelas distribuidoras, o Diesel Aditivado se caracteriza por possuir um pacote de aditivos que lhe conferem características diferenciadas, entre elas está a manutenção do sistema de alimentação de combustível e dos injetores livres de depósitos, devido ao aditivo detergente que é dispersante. A utilização contínua do Diesel Aditivado garante uma pulverização mais eficaz do combustível na câmara de combustão, permitindo uma mistura mais homogênea do combustível com o ar. Melhorando assim o rendimento do motor, evitando o desperdício de óleo diesel e, ainda, há diminuição nas emissões.
Gasolina comum A gasolina é um combustível constituído basicamente por hidrocarbonetos (compostos orgânicos que contém átomos de carbono e hidrogênio) e, em menor quantidade, por produtos oxigenados (produtos que possuem átomos de oxigênio em sua formula química). Os hidrocarbonetos que compõem a gasolina (hidrocarbonetos aromáticos, olefínicos e saturados) são em geral, mais "leves" do que aqueles que compõem o óleo diesel, pois são formadas por moléculas de menor cadeia carbônica (normalmente cadeias de 4 a 12 átomos de carbono). Além dos hidrocarbonetos e dos oxigenados a gasolina contém compostos de enxofre, compostos de nitrogênio e compostos metálicos, todos eles em baixas concentrações. É oriunda da mistura de 75% de gasolina A x 25% de álcool anidro. Esta mistura é feita pela distribuidora.
Gasolina aditivada A Gasolina Aditivada possui um aditivo detergente, cuja a função é limpar e manter limpo todas as partes em contato com o combustível (bico, injetores, válvulas, câmera, cabeçote e carburador). A única diferença entre a gasolina comum é o aditivo, a octanagem é a mesma, não influencia na potência do veículo.
Diesel S-10 O Diesel S-10 (10 mg de enxofre por kg de óleo diesel) atende às mais recentes tecnologias de desenvolvimento de motores e controle de emissão de poluentes, de acordo com o estabelecido pelo Proconve fase P-7 (Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotivos – fase P-7), ajudando a preservar o meio ambiente e a qualidade do ar que respiramos. O uso desse produto nos motores a diesel fabricados a partir de 2012 com novas tecnologias para tratamento de emissões traz uma série de vantagens para o meio ambiente e para o seu veículo: Para o veículo – Diminuir a formação de depósitos no motor; Reduzir a incidência de contaminantes no lubrificante, aumentando o intervalo de troca; Melhora a partida a frio; Para o Meio Ambiente – Menor emissão de material particulado; Redução na emissão de fumaça branca.